Busca
Como Investir - O Portal de Educação Financeira da ANBIMA

 Guia de Ações 

 
 

Uma ação representa a menor parcela em que se divide o capital de uma empresa organizada em forma de sociedade anônima (S.A.).

Ao abrir uma S.A., os fundadores aportam os recursos, financeiros ou não, que formarão o seu capital social. Com esses recursos, eles compram máquinas e equipamentos, pagam empregados... Enfim, fazem a empresa funcionar.

Para ter suas ações negociadas em mercados organizados, como as bolsas de valores, a empresa precisa se registrar como companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Como são negociadas diariamente, as ações podem apresentar oscilações de preço. Quando há uma grande procura por ações, a tendência é de alta no seu valor. Já quando ocorre o movimento inverso e muitos investidores vendem suas ações, o preço cai. É a chamada lei da oferta e da procura.

O investidor em ações é sócio da empresa. Como sócio, tem direito a participar dos lucros da empresa e poderá ganhar dinheiro com os dividendos distribuídos, além da valorização do preço de suas ações. Mas se a empresa tiver dificuldades financeiras, por causa de dificuldades do setor em que atua ou problemas administrativos, a expectativa é de que seu lucro diminua – e isso resulta na queda do preço da ação.

As ações de uma empresa S.A. podem ser negociadas a qualquer tempo em bolsas de valores ou no mercado de balcão. O acionista pode vendê-las, obtendo de volta o dinheiro correspondente ao valor de sua cotação.

Onde obter informações

Atualmente, encontrar informações sobre ações já não é mais um problema.

O mercado está cada vez mais transparente. Hoje é possível se informar sobre cada detalhe de seus investimentos de maneira muito simples. Cotações, maiores altas, maiores baixas, análise de empresa, projeções, análise gráficas e fundamentalistas e análises de riscos são alguns dos dados que podem ser obtidas nas instituições financeiras e na própria bolsa de valores.

Há muitos sites de informação sobre o mercado de ações que podem servir de apoio ao investidor. No site da BM&FBovespa (www.bmfbovespa.com.br), por exemplo, é possível encontrar as cotações diariamente, tanto do Ibovespa como das ações negociadas no dia. No site da CVM (www.cvm.gov.br) é possível acompanhar todos os processos em andamento na autarquia, além de consultar os fatos relevantes – como são chamados os documentos publicados pelas empresas de capital aberto toda vez que uma informação importante sobre os negócios da companhia possa afetar positiva ou negativamente seu desempenho no mercado (e, consequentemente, o valor de suas ações). 

Há especialistas que vendem serviços de análises de empresas, de mercado, de setores e acompanhamento de papéis específicos. Matérias jornalísticas também são boas fontes de informação sobre empresas e setores.


Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados

Licença Creative Commons

© Como Investir. O conteúdo do site Como Investir está protegido pela licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-Sem Derivados 3.0 Não Adaptada. Você está autorizado a reproduzir o conteúdo, desde que cite a fonte original, não edite ou altere as informações e não faça uso comercial delas. Por favor, consulte o site da Creative Commons para verificar as condições legais para utilização do conteúdo.