Busca
Como Investir - O Portal de Educação Financeira da ANBIMA

 Tipos de riscos 

 
 

Quando você compra a ação de uma empresa, está se tornando sócio dela, ou seja, está investindo no seu crescimento e desenvolvimento. São dois os principais tipos de riscos relacionados a investimentos em ações: risco de mercado e risco de liquidez. Saiba um pouco mais sobre eles:

Risco de mercado

Esse tipo de risco é associado à possibilidade de desvalorização ou de valorização de um ativo (título público ou ação, por exemplo), devido às alterações políticas, econômicas, internacionais, entre outras. É a possibilidade de ocorrerem mudanças na rentabilidade do seu investimento por causa de notícias ou acontecimentos que dizem respeito direta ou indiretamente à aplicação que você escolheu.

Isso pode ser visto nas altas e baixas da Bolsa de Valores, que ocorrem em consequência de movimentos favoráveis ou desfavoráveis do mercado.

Exemplo: quando algumas empresas anunciam que fecharão o ano com prejuízo devido a uma recessão no país, aumenta o número de acionistas dispostos a vender suas ações. Assim como em qualquer outro mercado, se há mais gente querendo vender do que comprar, o preço cai e provavelmente esse efeito será estendido a ações de outras empresas.

O risco de mercado é associado às oscilações dos preços dos ativos e esta oscilação, em relação a sua média, é conhecida no mercado financeiro como volatilidade.

Risco de liquidez


O risco de liquidez surge da dificuldade em se conseguir encontrar compradores potenciais para um determinado ativo no momento e no preço desejado. Ocorre quando um ativo está com baixo volume de negócios e apresenta grandes diferenças entre o preço que o comprador está disposto a pagar (oferta de compra) e aquele pelo qual o vendedor gostaria de vender (oferta de venda).

Quando é necessário vender algum ativo num mercado ilíquido, tende a ser difícil conseguir realizar a venda sem sacrificar o preço do ativo transacionado.

Exemplo: algumas ações negociadas na Bolsa de Valores apresentam baixo volume de negócio e, quando um investidor precisa vender uma grande quantidade destas ações, acaba causando uma queda no seu preço. Mas isso necessariamente não significa que essas ações serão menos valorizadas. Você pode obter um excelente ganho com um investimento de baixa liquidez, mas deve estar consciente desse risco. Neste caso, você deve estar ciente de que pode levar algum tempo para vender sua ação ao preço que lhe pareça mais justo.

Conheça o curso Mercado de Ações


Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados

Licença Creative Commons

© Como Investir. O conteúdo do site Como Investir está protegido pela licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-Sem Derivados 3.0 Não Adaptada. Você está autorizado a reproduzir o conteúdo, desde que cite a fonte original, não edite ou altere as informações e não faça uso comercial delas. Por favor, consulte o site da Creative Commons para verificar as condições legais para utilização do conteúdo.