Busca
Como Investir - O Portal de Educação Financeira da ANBIMA

 Poupança: É hora de rever seus conceitos 

21/6/2017

 
A taxa Selic deve cair para 8,5% ao ano ainda em 2017. Junto com ela, o rendimento da caderneta vai cair também

Caiu uma grana extra na conta e você ficou com preguiça de pesquisar alternativas de investimentos. Para onde vai o dinheiro? Para a poupança. Você conseguiu economizar mais do que esperava em um mês e quer tirar logo cada real da frente dos olhos para não gastá-los. Para onde vai o dinheiro? Para a poupança. Chegou a restituição do Imposto de Renda e você precisa de uma aplicação para um período curto, já que logo precisará do recurso. Para onde vai o dinheiro? Para a poupança. A boa e velha caderneta tem lá suas vantagens, e uma das principais talvez seja a facilidade de investir.

Todo banco oferece essa alternativa e não é preciso mais do que alguns poucos cliques para transferir o dinheiro da conta. Mas quem presta atenção aos detalhes já deve ter percebido que a rentabilidade da poupança não é exatamente a melhor.

E se já é assim agora, saiba que a possibilidade de o retorno da caderneta piorar no fim de 2017 é enorme!


Como assim?

É provável que você tenha decorado que a poupança rende 0,5% ao mês, mais a variação da TR – ou Taxa Referencial, adotada para fazer a correção monetária do investimento. Por isso, a remuneração da caderneta nos últimos tempos ficou mais ou menos entre 0,5% e 0,7% ao mês. Acontece que não é assim o tempo todo. Desde 2012, essa fórmula para calcular a rentabilidade da poupança vale apenas para quando a Selic – a taxa básica de juros da economia – está acima de 8,5% ao ano. (Só para relembrar: a Selic é definida pelo Banco Central em reuniões que acontecem mais ou menos a cada 45 dias)

Quando a taxa Selic fica igual ou cai abaixo de 8,5% ao ano, a maneira de calcular a rentabilidade da poupança muda – e muda bem! Nesse caso, o investidor recebe 70% da Selic, mais a variação da TR. E com isso, o retorno da caderneta cai bastante. Talvez você nem tenha percebido a diferença porque desde que fórmula da rentabilidade da poupança mudou a Selic ficou em 8,5% ou abaixo disso por menos de um ano e meio. Mas o impacto sobre as suas economias tem potencial para ser grande. Quer ver um exemplo? A menor taxa Selic que o país já registrou foi de 7,25% ao ano, entre outubro de 2012 e abril de 2013. Pela regra antiga, quem aplicasse na poupança no dia 15 de outubro de 2012 obteria uma rentabilidade de 0,5% até o dia 15 de novembro do mesmo ano. Mas pela regra nova, o rendimento ficaria em 0,41%. Se parece pouco, saiba que é uma diferença de 17%!

Mas, afinal de contas, por que o Como Investir decidiu falar sobre esse assunto justo agora que a Selic está em 10,25% ao ano, ainda tão distante do número que faze o cálculo da rentabilidade da poupança mudar?

Muito simples: porque o mais provável é que a taxa básica de juros caia nos próximos meses, chegando rapidamente aos 8,5% ao ano. A última pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central mostra que a maioria dos economistas dos bancos e corretoras do país acredita que a Selic alcançará esse patamar ainda em 2017. Se isso acontecer, a rentabilidade dos depósitos feitos na poupança começará a ficar mais baixa. E para assegurar um bom retorno para os seus investimentos, que esteja de acordo com o seu perfil de risco, será preciso estudar as alternativas.

Se a caderneta de poupança estiver entre as aplicações que você cogita para as suas economias, lembre-se de algumas características dela – e compare com as das outras alternativas:

+ O investimento na poupança é isento de Imposto de Renda. Outras aplicações, como as letras de crédito imobiliário (LCI) e agrícola (LCA) também são.

+ A liquidez da poupança é diária. Isso significa que você pode resgatar seus recursos quando quiser – não há carências nem qualquer coisa desse tipo.

+ Embora tenha liquidez diária, a poupança tem rentabilidade mensal. Assim, se você fizer uma aplicação na caderneta no dia 1º de um mês, só receberá o rendimento daquele mês 30 dias depois. Se, por uma eventualidade, tiver de resgatar os seus recursos no 25º dias depois da aplicação, não receberá a rentabilidade proporcional a esse período.

Uma dica preciosa: Use a “Calculadora do Cidadão”, elaborada pelo Banco Central, para simular o rendimento da poupança em períodos específicos. É só clicar aqui

Bons investimentos!

 


Avaliação:
Comentários postados (2)
Por: Isaías Pires do Nascimento em 6/7/2017 às 9:00
Muito bom, com essas informacões estou aprendendo como aplicar os meus pequenos recursos. Grato
Por: Jhonatan Henrique em 24/6/2017 às 7:26
Por que os economistas acreditam que a taxa SELIC vai cair? Sou demasiado otimista e penso o contrário... tá certo que eu não sei nada sobre economia, mas prefiro esperar pelo melhor e continuar investindo em LCI, embora esteja difícil achar bons lastros disponíveis para compra.
Deixe seu comentário
Nome  
  E-mail   
Comentário  
500 | Máximo 500 caracteres



Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados

Licença Creative Commons

© Como Investir. O conteúdo do site Como Investir está protegido pela licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-Sem Derivados 3.0 Não Adaptada. Você está autorizado a reproduzir o conteúdo, desde que cite a fonte original, não edite ou altere as informações e não faça uso comercial delas. Por favor, consulte o site da Creative Commons para verificar as condições legais para utilização do conteúdo.