Busca
Como Investir - O Portal de Educação Financeira da ANBIMA

 Como Negociar 

 
 


Comprar e vender títulos públicos é relativamente simples, basta realizar o cadastro no Tesouro Direto através de algum agente de custódia da CBLC e efetuar as compras ou vendas. Antes de partir para as compras, vale lembrar que o investidor precisa ser cadastrado no programa. Depois disto, as transações são feitas pela própria pessoa física ou por meio de algum dos bancos ou corretoras habilitados no Tesouro Direto (Agente de Custódia), com a devida autorização do investidor.

É possível efetuar as compras por três formas distintas:

  • Diretamente no site do Tesouro Direto - O investidor deve se cadastrar no Tesouro Direto por meio de um Agente de Custódia da CBLC, que pode ser uma Corretora de Valores, Banco Comercial, Múltiplo ou de Investimento e Distribuidora de Valores. Após o cadastro, com senha individual, o investidor acessa uma tela específica na área restrita do site e negocia seus títulos públicos;
  • Por meio de um Agente de Custódia. O investidor autoriza o Agente de Custódia (Bancos e Corretoras habilitados) a negociar títulos públicos em seu nome, no site do Tesouro Direto. Essa opção é indicada para quem não tem acesso à Internet ou, por algum motivo, não deseja comprar pessoalmente;
  • Diretamente no site do Agente de Custódia. Alguns Bancos e Corretoras habilitados integraram seus sites ao do Tesouro Direto. Isso significa que o investidor pode negociar seus títulos públicos no site da própria instituição financeira, em tempo real e com os mesmos preços e taxas do site do Tesouro Direto. Todavia, esta opção é disponível somente em algumas Corretoras e Bancos, divulgados pelo Tesouro Direto.

Custos do Tesouro Direto

Há uma taxa de 0,30% ao ano sobre o valor dos títulos em custódia, relativa à prestação dos serviços de guarda dos títulos e informação dos saldos e movimentações dos investidores. Esta taxa é cobrada pela CBLC. Além disto, os agentes financeiros que intermediam as operações realhttp://wwhttp://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-direto/w.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-direto/izadas pelo Tesouro Direto cobram taxas de serviços (corretagem) que são livremente pactuadas com os investidores.

No primeiro ano de negociação ha a cobrança de uma taxa adicional no valor de 0,10% sobre o valor dos títulos em custódia, esta cobrança é feita apenas no primeiro ano.


Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados

Licença Creative Commons

© Como Investir. O conteúdo do site Como Investir está protegido pela licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-Sem Derivados 3.0 Não Adaptada. Você está autorizado a reproduzir o conteúdo, desde que cite a fonte original, não edite ou altere as informações e não faça uso comercial delas. Por favor, consulte o site da Creative Commons para verificar as condições legais para utilização do conteúdo.